Show

Nelson Nery Jr.

Graduado em Direito pela Universidade de Taubaté, Livre-Docente, Doutor (PhD) e Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Doutor em Direito Processual Civil (PhD) pela Universität Friedrich-Alexander Erlangen-Nürnberg. Professor Titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), além de ser colaborador permanente do Centro de Extensão Universitária e do Instituto Brasiliense de Ensino e Pesquisa.

  • É árbitro em diversas câmaras de arbitragem do Brasil e do exterior, destacando-se as do Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil-Canadá, do Instituto dos Advogados de São Paulo, da Câmara de Comércio Brasil-Portugal. Está também habilitado a atuar como Amicus curiae e elaborar affidavits;
  • Jurisconsulto, cujos pareceres jurídicos e opiniões legais já tiveram sua credibilidade consolidada ao longo dos anos, com o justo reconhecimento por parte dos membros do Poder Judiciário, das comunidades jurídica e empresarial, e órgãos públicos em geral;
  • Foi Procurador de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo por 27 anos. Membro da Wissenschaftliche Vereinigung für Internationales Verfahrensrecht (Alemanha), da International Association of Procedural Law (IAPL, com sede em Bolonha, Itália), da Asociación Iberoamericana de Derecho Procesal (Espanha), da Academia Brasileira de Direito Civil, da Deutsch-Brasilianische Juristen Vereinigung (DBJV). Advogado com intensa atuação nos tribunais superiores;
  • Coautor dos Projetos de Lei que se converteram na Lei da Ação Civil Pública (L 7347/85) e no Código de Defesa do Consumidor (L 8078/90), é membro da Academia Paulista de Direito (cadeira n. 25) e da Academia Paulista de Letras Jurídicas (cadeira n. 54), membro do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP). Fundou a União dos Juristas Católicos de São Paulo, da qual é Diretor Tesoureiro;
  • É, ainda, doutrinador jurídico, escritor e autor de numerosas obras como livros e artigos de grande influência e acatamento nos tribunais e órgãos administrativos, e de importante circulação nos mercados jurídicos brasileiro e internacional.