Carmen Nery participa de palestra e ministra curso em evento especial sobre a ...

leia mais

Carmen Nery participa de palestra e ministra curso em evento especial sobre a Constituição Federal

A advogada Carmen Lígia Nery, sócia do Nery Advogados, tem confirmada a sua participação em dois momentos distintos do evento Jornada de Estudos Jurídicos: 25 anos a Constituição e seus Princípios, que será realizado nos dias 29, 30 e 31 de outubro, em Catalão, interior de Goiás. No dia 29, abertura oficial, ela palestrará sobre o tema Aplicação dos princípios pelo juiz no Direito Privado: análise hermenêutica, ao lado do Prof. Willis Santiago Guerra Filho. Já no dia 30 à tarde, Carmen dará um minicurso sobre Sentença determinativa – a correta aplicação das cláusulas gerais do Código Civil pelo juiz.
Mestre e doutoranda em Direito pela PUC-SP, Carmen é especialista em Administração Legal para advogados pela FGV-SP e atua nas áreas de Contencioso Cível Especializado, Difusos e Coletivos, Constitucional, Empresarial, Administrativo, Bancário, Contratos e Arbitragem. Em 2013, publicou pela RT o livro Decisão Judicial e Discricionariedade: A Sentença Determinativa no Processo Civil.
Mais informações: http://www.cesuc.br/Cesuc,INF,TWpJeQ.rb

Serviço

Evento: Jornada de Estudos Jurídicos: 25 anos a Constituição e seus Princípios
Data: 29, 30 e 31 de outubro de 2013
Endereço: CESUC - Rua Prof. Paulo de Lima, 100, Catalão – Goiás

Bom recurso para solução rápida de impasses, Termo de Ajustamento de Condu...

leia mais

Bom recurso para solução rápida de impasses, Termo de Ajustamento de Conduta ainda é pouco utilizado

Dentro do universo das causas jurídicas, problemas ambientais têm cada vez mais sido resolvidos por meio do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Esse instrumento de negociação, no entanto, pode ser eficaz em outros tipos de processos por permitir resolver impasses com economia de tempo e recurso. Ana Luiza Nery, sócia do Nery Advogados e professora assistente na PUC/SP, em palestra proferida durante o III Encontro Sobre Direito Ambiental, falou sobre como é possível utilizar o TAC de forma mais eficiente.
Com o tema "Compromisso de Ajustamento de Conduta: teoria e análise de casos práticos", a advogada explicou o motivo do TAC ser a melhor opção para resoluções de questões ambientais e ressaltou que o instrumento não é muito utilizado por ainda ser desconhecido. "Quando falamos de meio ambiente não tratamos de Direito Privado, Individual ou Coletivo, pois atinge todas as áreas e, por isso, a negociação pelo TAC é a melhor forma de buscar a transformação social". Ainda segundo Ana Luiza, o Termo de Ajustamento de Conduta pode tratar de patrimônio cultural, deficientes físicos, idosos, trabalhadores, entre outros. Ou seja, se aplica às mais diversas esferas sociais.